Blog

Home/Notícias/Bravos guerreiros maranhenses!!*

Bravos guerreiros maranhenses!!*

Das entranhas do Centro Educacional do Maranhão – CEMA, surge um grupo de jovens estimulados a fazer teatro, graças a disciplina Educação Artística que entre todas, para eles fazia diferença.

Encantados pela magia da arte de representar, esses amigos entram no cenário do teatro maranhense, como Grupo Independente de Teatro Amador- GRITA, fundado em 1975 durante a realização do Iº Festival Estadual de Teatro Amador do Maranhão, com o espetáculo I- Juca Pirama, de Gonçalves Dias.

Estes Operários do Fazer Teatral, iam pouco a pouco driblando as dificuldades, para continuar sonhando. A ferida que se abria com a saída de um companheiro pouco a pouco ia cicatrizando com a chegada de um outro. Era a realidade contribuindo no processo da maturidade desses jovens. Várias montagens foram feitas, além da participação em seminários, mostras, curso de formação, tudo voltado para as Artes Cênicas.

Mas o projeto político se define, quando o GRITA é protegido pelas asas de um anjo que passa a ser o guardião desta história.

*Título adaptado de “Uma lição desses bravos guerreiros maranhenses”, artigo do jornal O Estado do Maranhão, de Ubiratan Teixeira em que o escritor faz referência à peça I Juca Pirama (de Gonçalves Dias) com a qual o GRITA ganhou o I Festival Estadual, realizado pela Federação Nacional de Teatro Amador, em 1975.

Written by

The author didnt add any Information to his profile yet

Faça seu comentário